domingo, 19 de fevereiro de 2017

Takahashi e Okada destacam-se na edição 100 dos Campeonatos do Japão

A liderança masculina com Eiki Takahashi (dorsal 1) e Isamu
Fujisawa (2), e a vencedora Kumiko Okada, já isolada.
Fotos enviadas por Tomoya Ishii.
Montagem: O Marchador
Tiveram lugar, no dia de hoje, os campeonatos nacionais do Japão de 20 km marcha, disputados em Kobe cidade onde tradicionalmente o evento se realiza e este ano com a particularidade da comemoração dos 100 anos de campeonatos, assinalados com a realização de um seminário para juízes de marcha nipónicos.

Muito expressivos foram os resultados alcançados pelos melhores marchadores japoneses que têm razões de sobra para se sentirem otimistas na conquista de posições honrosas nas principais competições mundiais que se avizinham e preparando-se, naturalmente e com afinco, para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

Nos 20 km masculinos, Eiki Takahashi foi o primeiro obtendo o tempo de 1:18:18 (5km: 19:35, 10km: 39:07, 15km: 58:38) e vencendo pelo segundo ano consecutivo. Isamu Fujisawa foi o segundo com o tempo de 1:18:23 (5 km: 19:35, 10km: 39:07, 15km: 58:38), e Toshikazu Yamanishi o terceiro com 1:19:03 (5km: 19:35, 10km: 39:08, 15km: 58:58). 94 atletas à partida, 10 desclassificados e 6 desistentes. As marcas obtidas passam a liderar a lista mundial do ano.

Nos 20 km femininos, Kumiko Okada foi a primeira com a marca de 1:29:40 (5km: 22:14, 10km: 44:30, 15km: 1:06:56), Rena Goto a segunda com 1:32:50 (5km: 22:37, 10km: 45:39, 15km: 1:08:58) e Sae Matsumoto completou o pódio com o tempo de 1:33:16 (5km: 22:36, 10km: 45:26, 15km: 1:08:58). Foram 32 as atletas que alinharam à partida, uma foi desclassificada e duas desistiram.

O ajuizamento das provas de marcha esteve a cargo de nove elementos, quatro deles internacionais: Akira Fujisaki (Japão), juiz-chefe, Rolf Muller (Alemanha), Khoo Chong Beng (Malásia) e Echo Yeung (Hong-Kong). Os outros, do painel principal nipónico: Kazunori Takahashi, Masaki Takeuchi, Takahiro Sato, Koji Kawai e Keisuke Ogawa.

Colaboração especial de Tomoya Ishii.

Resultados completos, aqui.

Meryem Bekmez (sub-18) com recorde absoluto de 10 km da Turquia

Os detentores dos novos recordes turcos, Meryem Bekmez,
ao centro no pódio, e Salih Korkmaz (dorsal 37).
Fotos: Guncel e Fed. Atletismo Turquia
Montagem: O Marchador
A campeã da Europa de sub-18 (Tbilisi-2016), Meryem Bekmez, de 16 anos de idade, cometeu a proeza de bater o recorde nacional absoluto feminino da Turquia, e ainda de sub-20 e de sub-18, dos 10 km marcha em estrada, ao obter, em estreia na distância, a marca de 44.58 durante os campeonatos da disciplina realizados, dia 11 de Fevereiro, em Antália, cidade turca situada região do Mediterrâneo.

Num evento marcado pela obtenção de expressivos resultados, apesar do vento que se fazia sentir, outro recorde nacional foi batido, nomeadamente o da categoria de sub-23 nos 20 km masculinos, por Salih Korkmaz, com 1.23.20, segundo classificado numa prova ganha por Ersin Tacir, com 1.22.31. Serkan Dogan foi terceiro, com 1.23.46. A primeira senhora na distância foi Elif Koç, com 1.42.13.

Voltando aos 10 km, a colega de clube de Bekmez, Ayse Tekdal (sub-20), foi a segunda classificada com 46.17, na vertente masculina sub-18 venceu Azat Ertas, com 43.59 e nos sub-20, vitória para Abdulaziz Danis, com 42.39.

De notar a presença e intervenção dos novos consultores técnicos nacionais da marcha turca, os russos Vadim Zlobin e a sua esposa Evdokiya Korotkova.

Aceda às classificações completas, aqui.

Niedziałek bate recorde polaco de sub-18 na pista coberta de Toruń

Niedziałek nos campeonatos nacionais em Torun.
Fotos: Tomasz Kasjaniuk/PZLA
Montagem: O Marchador
Łukasz Niedziałek, que completará 17 anos no próximo mês de Março, esteve em particular evidência durante os campeonatos nacionais da Polónia de pista coberta para sub-18 (e também para sub-20), realizados em Toruń no passado fim-de-semana, ao estabelecer um novo recorde nacional da categoria nos 5.000 metros, com 20.46,05, batendo por 2,58 segundos o anterior registo que já lhe pertencia desde o ano passado (20.48,63, Spala).

O jovem marchador do Nowe Iganie, que se sagrou campeão nacional sub-18, iniciou a sua prova de forma bastante rápida, com 3.48,03 aos 1.000 metros, registando depois parciais de 4.08,98, 4.20,18 (12.17,19 aos 3.000 m), 4.19,26 e 4.09,60.

Obtiveram ainda títulos nacionais nas restantes provas de marcha, Agata Piekarz (MKS Hermes Gryfino, 14.21,97) nos sub-18 femininos, Arkadiusz Drozdowicz (PLKS Gwda Piła, 21.55,82) nos sub-18 masculinos e Agata Kowalska (KKL Rodło Kwidzyn, 14.04,35).

Classificações
5.000 m masculinos sub-18
1.º, Łukasz Niedziałek, 2000 (WLKS Nowe Iganie), 20.46,05
2.º, Arkadiusz Schiedel, 2000 (MLKS Nadwiślanin Chełmno), 23.43,44
3.º, Tomasz Strzeszewski, 2001 (AZS-AWF Gorzów), 23.46,87
4.º, Miłosz Szmyt, 2000 (PLKS Gwda Piła), 25.04,25
5.º, Adam Świstulski, 2001 (KL Lechia Gdańsk), 25.07,28
6.º, Miłosz Oczkoś, 2001 (MLKS Nadwiślanin Chełmno), 25.41,48
7.º, Radosław Sójka, 2000 (PLKS Gwda Piła), 26.17,48
8.º, Kamil Kusza, 2000 (UKS Orkan Środa Wlkp.), 28.00,23
9.º, Krzysztof Dąbrowski, 2001 (KL Lechia Gdańsk), 28.33,55
10.º, Filip Kucharski, 2001 (LKS Vectra Włocławek), 29.30,71

3.000 m femininos sub-18
1.ª, Agata Piekarz, 2001 (MKS Hermes Gryfino), 14.21,97
2.ª, Julia Mądra, 2000 (LKS Stal Mielec), 14.37,61
3.ª, Wiktoria Raś, 2000 (LKS Stal Mielec), 14.47,91
4.ª, Marta Gorczyńska, 2000 (MKS Durasan Płońsk), 15.35,98
5.ª, Victoria Wachowska, 2000 (MKS-SMS Victoria Racibórz), 16.39,38
6.ª, Marcelina Drozdek, 2000 (MKS Bolesłavia Bolesławiec), 16.39,54
7.ª, Karolina Chanduszko, 2001 (KL Lechia Gdańsk), 19.05,78
8.ª, Natalia Westfal, 2001 (CMKL Człuchów), 19.08,00
9.ª, Aleksandra Bykowska, 2000 (SS MKS Parasol Wrocław), 19.52,66
Desclassificada: Luiza Plak, 2001 (KMKL Sztorm Kołobrzeg).

5.000 m masculinos sub-20
1.º, Arkadiusz Drozdowicz, 1998 (PLKS Gwda Piła), 21.55,82
2.º, Robert Goławski, 1998 (WLKS Nowe Iganie), 23.03,79
3.º, Paweł Jeż, 1999 (AZS-AWF Gorzów), 23.52,83
4.º, Michał Stosik, 1999 (SKLA Sopot), 23.57,67
5.º, Kacper Nicpoń, 1999 (MKL Szczecin), 25.05,21
6.º, Krzysztof Maciąg, 1999 (MLKS Nadwiślanin Chełmno), 25.25,65
7.º, Michał Cerazy, 1999 (AZS-AWF Gorzów), 26.25,36
Desclassificados: Michał Baranowski, 1998 (MKS Unia Hrubieszów) e Maksymilian Kulig, 1999 (LKS Stal Mielec).

3.000 m femininos sub-20
1.ª, Agata Kowalska, 1998 (KKL Rodło Kwidzyn), 14.04,35
2.ª, Małgorzata Cetnarska, 1998 (KKS Victoria Stalowa Wola), 14.13,52
3.ª, Zuzanna Drygalska, 1999 (CMKL Człuchów), 14.32,69
4.ª, Martyna Rzetelna, 1998 (AZS-AWF Gorzów), 14.34,89
5.ª, Nikola Chodecka, 1998 (MKL Szczecin), 14.46,99
6.ª, Karolina Jaworska, 1999 (KKL Rodło Kwidzyn), 14.47,00
7.ª, Sonia Głomb, 1998 (UKS Maraton - Korzeniowski.pl Bieruń), 15.39,40
8.ª, Weronika Nowicka, 1999 (LKS Vectra Włocławek), 15.49,32
9.ª, Patrycja Olejnik, 1999 (AZS-AWF Gorzów), 15.56,78
10.ª, Katarzyna Krupka, 1998 (CKS Budowlani Częstochowa), 15.59,68
11.ª, Patrycja Wilska, 1998 (ALKS AJP Gorzów Wlkp.), 16.29,69

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Michta e Hallman repetem vitórias nos Millrose Games

A prova masculina, com Hallman como vencedor, e a confraternização
à chegada entre Maria Michta-Coffey e Miranda Melville.
Fotos: «site» Armory Track. Montagem: O Marchador
Maria Michta-Coffey (Oiselle - Walk USA), com 6.31,85, e Jonathan Hallman (Shore AC), com 6.04,29, saíram vitoriosos das provas de marcha de 1 milha (1.609 metros), acumulando os respectivos títulos norte-americanos na distância, desta feita na 110.ª edição dos tradicionalíssimos e prestigiados «Millrose Games», evento em pista coberta que teve lugar em Nova Iorque de 9 a 11 de Fevereiro.

Nos femininos, Michta assumiu o comando logo após o tiro de partida, terminando com cerca de 5 segundos de vantagem sobre Miranda Melville (Skechers/ NYAC, 6.36,32), que se manteve sempre por perto. Mais recuada, Taylor Ewert (Southwest Ohio TC, 7.29,54) garantiu a terceira posição.

Nos masculinos, com a prova a ser designada por «Susan Rudin», Jonathan Hallman, que marcou o ritmo na 1.ª volta, voltaria à liderança apenas nas 2 voltas finais para vencer, superando forte oposição e em particular de Marek Adamowicz (Rive-Sud AC), que terminaria na segunda posição mas que viria a ser desclassificado. O pódio ficaria assim completo com Emmanuel Corvera (NYAC, 6.15,49) e Cameron Haught (Southwest Ohio TC, 6.16,95).

A edição de 2018 tem já data marcada: 3 de Fevereiro.

Classificações
Milha feminina
1.ª, Maria Michta-Coffey (Oiselle - Walk USA), 6.31,85
2.ª, Miranda Melville (Skechers/ NYAC), 6.36,32
3.ª, Taylor Ewert (Southwest Ohio TC), 7.29,54
4.ª, Kristi Licursi (Marist College), 7.39,62
5.ª, Meagan Allen (New England Walkers), 7.41,12
6.ª, Katie Michta (Walk USA), 7.42,76
7.ª, Katie Miale (Marist College), 8.08,15
8.ª, Maria Angelica Garcia (Park Racewalkers), 8.28,68
Desclassificada: Kayla Allen (Maine RWers).

Milha masculina
1.º, Jonathan Hallman (Shore AC), 6.04,29
2.º, Emmanuel Corvera (NYAC), 6.15,49
3.º, Cameron Haught (Southwest Ohio TC), 6.16,95
4.º, Emmerson Hernandez (Fleet Feet Albany), 6.21,15
5.º, Michael Mannozzi (Shore AC), 6.21,17
6.º, AJ Gruttadauro (Spring Arbor University), 6.37,43
7.º, Rich Luettchau (Shore AC), 6.38,47
8.º, Sam Elmi (Cornerstone University), 6.49,50
9.º, David Swarts (Pegasus AC), 6.53,16
10.º, Yvan Bechard (Rive-Sud AC), 7.01,34
11.º, Dave Talcott (Shore AC), 7.06,68
Desclassificado: Marek Adamowicz (Rive-Sud AC).

Clubes disputam I e II divisões de pista coberta este fim-de-semana

Montagem: O Marchador
A final dos campeonatos nacionais de clubes em pista coberta vai ter lugar este fim-de- semana, em Pombal (Expocentro). O escalonamento dos clubes apurados para a I e II divisões ficou definido nas fases de apuramento, realizadas há duas semanas nas pistas de Pombal e Braga.

Todas as provas de marcha serão disputadas na 1.ª jornada (sábado) este ano, e pela primeira vez, em provas separadas e com finais diretas, os 5.000 metros da II divisão masculina agendados para as 13:45 horas, e da I divisão às 16:17 horas, e relativamente à II divisão os 3.000 metros femininos estão marcados para as 14.20 horas e a prova masculina dos 5.000 metros às 16:45 horas (I divisão), situação extensiva a todas as outras provas do programa. A FPA quer dar um maior destaque aos eventos permitindo um melhor acompanhamento do público no evoluir da pontuação, prova a prova.

Das 34 equipas concorrentes às duas divisões apenas quatro delas não apresentam especialistas nas provas de marcha, na I divisão feminina o GA Fátima e na II divisão feminina o C Salesianos de Manique, o Gira Sol e o Maia AC.

De referir que, na I divisão, a partir de 2011, ano em que ingressaram no Sporting João Vieira e Vera Santos, os leões venceram sempre na marcha masculina, exceção feita ao ano de 2015 quando aquele esteve lesionado e venceu o seu irmão Sérgio em representação do Benfica. Em femininos, o Sporting venceu sempre através de Vera Santos e mesmo quando esta não pode competir em 2016 a sua colega de equipa, Vitória Oliveira, triunfou.

Consulte a lista de inscritos (por clube) no «site» da FPA, aqui.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Índia: campeonatos nacionais e seminário este fim-de-semana

A apresentação dos campeonatos e da parceria.
Foto: Federação de Atletismo da Índia
A Federação de Atletismo da Índia vai organizar este sábado e domingo (18/19) a quarta edição dos Campeonatos Nacionais de Marcha Atlética, em estrada, que terá lugar em Nova Deli, aguardando-se a participação de quase duas centenas de atletas.

Pela primeira vez nestes campeonatos a federação indiana contará com o expresso apoio no desenvolvimento da especialidade no país de uma empresa privada na área da saúde “Max Bupa Health Insurance“ associando os benefícios para a saúde da prática da marcha na população em geral.

Haverá provas de 20 km masculinos (41 inscritos), 20 km femininos (12) e de 50 km masculinos (26 inscritos) além de competições para juniores (masculinos e femininos) na distância de 10 km. Devender Singh (1.20.21) e Manish Sing (1.20.26) integram a lista mundial de 2016 nos 20 km, nas posições 28 e 30, respetivamente. O evento definirá a seleção indiana para os campeonatos asiáticos que terão lugar este ano no Japão. A equipa de juízes de marcha do evento integrará o juiz internacional irlandês, Shaun Gallagher.

No mesmo período da realização dos campeonatos decorrerá um seminário sobre marcha atlética destinado a juízes, treinadores e dirigentes, e que será coordenado por Pierce O’Callaghan, da Irlanda.

Disponível a lista de atletas inscritos nos campeonatos, aqui.

Austrália na rota do Challenge Mundial da IAAF

O evento inaugural do Challenge 2017.
Foto: Athletics Australia. Montagem: O Marchador
Adelaide, a mais importante cidade a sul da Austrália, vai receber este domingo (19) a primeira etapa do challenge mundial de marcha, com a realização de provas de 20 km masculinos e femininos e a presença de credenciados nomes da marcha mundial de que é exemplo Dane Bird-Smith, medalhado nos Jogos do Rio 2016. Outro medalhado, Jared Tallent, não deverá participar.

O evento que comporta também a realização dos Campeonatos da Oceânia de marcha atlética, em estrada, contará ainda com outras figuras de relevo no panorama mundial da especialidade, casos do canadiano Evan Dunfee (quarto nos 50 km do Rio), do sul-africano Lebogang Shange, do neozelandês Quentin Rew, entre vários outros. No setor feminino, entre outras, há a destacar a australiana Regan Lamble (14.ª nos Jogos do Rio) e a lituana Brigita Virbalyte-Dimšiene.

Na edição de 2016 venceram Dane Bird-Smith (1.20.04) e Rachel Tallent (1.31.33).

O challenge mundial prossegue em março com provas no México, Ciudad Juarez, a 12, e Monterrey, a 19, em Portugal, Rio Maior, a 1 de abril, visita a Ásia com Taicang, na China, a 14 de abril, volta à Europa com a Corunha, Espanha, a 3 de junho, e termina com a final agendada para os mundiais de atletismo, no festival da especialidade, a 13 de agosto.

A Austrália e a China são atualmente duas das grandes potências mundiais da marcha atlética (a Rússia é outra das nações com grande poderio na especialidade, entretanto suspensa pela IAAF, pelo menos, até novembro pela razões já amplamente divulgadas). No challenge de 2016 foram os dois únicos países a colocar mais que um atleta nos cinco primeiros lugares da classificação geral. Portugal teve em Inês Henriques a sua melhor representante (quinto lugar).

A lista de inscritos nos 20 km (14 Fev.), facultada pela organização, é a seguinte:

Masculinos
(1) Edward Araya (Chile);
(2) Yerko Araya (Chile);
(3) Mathieu Bilodeau (British Columbia);
(4) Dane Bird-Smith (Qld);
(5) Artur Brzozowski (Podkarpackie);
(6) Nick Christie (California);
(7) Rhydian Cowley (Vic);
(8) Evan Dunfee (British Columbia);
(9) Jay Felton (Nsw);
(10) Adam Garganis (Vic);
(11) Carl Gibbons (Nsw);
(12) Jakub Jelonek (Slaskie);
(13) Tyler Jones (Nsw);
(14) Marius Ziukas (Vilnius);
(15) Trevor Maas (SA);
(16) Kim Mottrom (SA);
(17) Pramesh Prasad (Vic);
(18) Brendon Reading (Act);
(19) Quentin Rew (Wellington);
(20) Lebogang Shange (Una);
(21) Bradley Simpson (Vic);
(22) Wayne Snyman (South Africa);
(24) Yamamoto Toru (Tokyo);
(25) Yuichi Yarita (Chiba);
(23) Tadas Šuškevicius (Vilnius).

Femininos
(29) Alana Barber (Auckland);
(30) Bethan Davies (South Glamorgan);
(31) Samantha Findlay (SA);
(32) Brenda Gannon (Qld);
(33) Zoe Hunt (Act);
(34) Regan Lamble (Vic);
(35) Simone McInnes (Vic);
(36) Christina Papadopoulous (Qld);
(37) Jessica Pickles (Qld);
(38) Ainhoa Pinedo González (Andalucia);
(39) Kelly Ruddick (Vic);
(40) Beki Smith (Act);
(41) Claire Tallent (SA);
(42) Brigita Virbalyte-Dimšiene (Vilnius).

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Miguel Ángel López de regresso em Castellón

As partidas, Ángel López na liderança isoladíssima dos 10 km,
Manuel Bermúdez (20 km) e Amanda Cano na companhia de José
Antonio Carrillo. Fotos: YoSoyNoticia e LaOpinionDeMurcia
Montagem: O Marchador
O campeão do mundo em Pequim-2015 e da Europa em Zurique-2014, Miguel Ángel López (UCAM Murcia), voltou às lides competitivas no Bulevar Blasco Ibáñez, em Castellón, depois do «pesadelo» que considerou ter sido a sua participação nos Jogos Olímpicos do Rio-2016, registando 40.33 nos 10 km dos campeonatos conjuntos de marcha em estrada da Comunidade Valenciana e de Múrcia, evento muito participado e organizado pelo C.A. Playas de Castellón no passado sábado, dia 11 de Fevereiro.

Na mesma prova (10 km), participada maioritariamente por jovens sub-18 e veteranos, Pedro Conesa Ceron (Nutriban Atl Alcantarilla, 46.16), segundo da geral, e Antonio Ferrer Navarro (Atletismo Alcorcon, 50.13), 7.º na geral, foram os melhores das referidas categorias.

Outros relevantes resultados foram conseguidos pelo sub-23 Manuel Bermúdez (UCAM-Athleo Cieza), com 1.24.54 nos 20 km, marca que é recorde pessoal por larga margem, suplantando na prova os seniores Luis Manuel Corchete (Torrevieja, 1.26.28) e Francisco Duran Acuña (Real Sociedad, 1.29.53).

Nos 10 km femininos, Amanda Cano (UCAM-Athleo Cieza) venceu com um novo recorde pessoal de 44.42, realizando igualmente bons registos as segunda e terceiras classificadas da geral, Maria Larios Lopez (A.D. Marathon, 45.13) e a sub-20 Alicia Vazquez Gea (UCAM-Athleo Cieza, 49.13). Irene Forés Torres (CA Silla, 51.04), 6.ª na geral, foi a primeira veterana absoluta. Em prova com o dobro da distância (20 km) para senhoras, sagrou-se campeã a veterana Maria Dolores Marcos Valero (MillenniumTorrevieja, 1.41.13).

Os resultados completos podem ser consultados aqui.

Principais classificações
10 km masculinos - geral
1.º, Miguel Angel Lopez Nicolas, 1988 (UCAM Murcia), 40.33 - sénior
2.º, Pedro Conesa Ceron, 2001 (Nutriban Atl Alcantarilla), 46.16 - sub-18
3.º, Eloy Hornero Gallent, 2000 (Playas de Castellon), 47.03 - sub-18
4.º, Francisco Sospedra Escat, 2001 (Atletisme Els Sitges), 47.49 - sub-18
5.º, Alvaro Calderon Tornero, 2000 (Valencia Esports), 48.35 - sub-18
6.º, Liberto Lopez Marco, 2000 (CA Murcia Tovarsport), 49.06 - sub-18
7.º, Antonio Ferrer Navarro, 1975 (Atletismo Alcorcon), 50.13 - veterano
8.º, Joan Villarroya Sanchis, 1997 (Correr el Garbi), 50.14 - sub-23
9.º, Javier Sorli Alcaide, 1976 (CA Silla), 51.20 - veterano
10.º, Manuel Morcillo Martinez, 2000 (UCAM-Athleo Cieza), 53.10 - sub-18
11.º, Victor Garcia Frances, 2001 (Valencia Esports), 53.30 - sub-18
12.º, Jose Alberto Muñoz Martínez, 1975 (Catarroja U.E.), 54.13 - veterano
13.º, Jose Luis Raga Arquimbau, 1967 (Catarroja U.E.), 54.20 - veterano
14.º, Jorge Lopez Crespo, 2000 (CA Murcia Tovarsport), 55.43 - sub-18
15.º, Juan Pedro Segura Fernandez, 1966 (MillenniumTorrevieja ), 58.10 - veterano
16.º, Joaquin Vinagre Blazquez, 1973 (MillenniumTorrevieja ), 58.20 - veterano
17.º, Ivan Merino Martinez, 2001 (Valencia Esports), 58.20 - sub-18
18.º, Martin Roses Mas, 1996 (Atletisme Xativa), 58.38 - sub-23

10 km femininos - geral
1.ª, Amanda Cano Gomez, 1994 (UCAM-Athleo Cieza), 44.42 - sénior
2.ª, Maria Larios Lopez, 1992 (A.D. Marathon), 45.13 - sénior
3.ª, Alicia Vazquez Gea, 1998 (UCAM-Athleo Cieza), 49.13 - sub-20
4.ª, Estela Matea Climent, 1999 (Playas de Castellon), 50.11 - sub-20
5.ª, Melisa Sanchez Bermejo, 1996 (UCAM-Athleo Cieza), 50.32 - sénior
6.ª, Irene Forés Torres, 1977 (CA Silla), 51.04 - veterana
7.ª, Ana Cortes Garcia, 1978 (Juventud Atletica Elche), 51.43 - veterana
8.ª, Irene Vazquez Gea, 1998 (UCAM-Athleo Cieza), 51.51 - sub-20
9.ª, Maria Alarcon Martinez, 2000 (UCAM-Athleo Cieza), 52.47 - sub-18
10.ª, Angela Carrion Antoli, 1998 (A.C. Jumilla), 54.04 - sub-20
11.ª, Blanca Mico Lambies, 2001 (Valencia Esports), 55.59 - sub-18
12.ª, Ana Guaita Guaita, 2001 (Valencia Esports), 56.30 - sub-18
13.ª, Paula Bañuls Blanco, 1999 (Correr el Garbi), 57.22 - sub-20
14.ª, Sara Ammour Pedauye, 1997 (Grupompleo Pamplona At), 1.00.13 - sénior
15.ª, Maria Isabel Mas Tari, 2000 (MillenniumTorrevieja), 1.00.33 - sub-18
16.ª, Maria Deseada Climent Chafer, 1964 (Playas de Castellon), 1.00.57 - veterana
17.ª, Maria Antonia Ramirez Vazquez, 1966 (UCAM-Athleo Cieza), 1.02.55 - veterana
18.ª, Nora Kennech Belda, 2001 (MillenniumTorrevieja), 1.04.33 - sub-18
19.ª, Andrea Soriano Quiles, 2001 (C.A. Torrent), 1.04.59 - sub-18
20.ª, Maria Garcia Peris, 1977 (Atletisme Xativa), 1.05.16 - veterana
21.ª, Zaira Zafra Orosa, 2001 (At.Safor-Delikia Sports), 1.06.14 - sub-18
22.ª, Purificacion Lopez Molina, 1968 (Individual), 1.10.36 - veterana
23.ª, Pilar Adan Lopez, 1952 (Valencia Esports), 1.11.01 - veterana
24.ª, Encarnacion Conchilla Guerola, 2001 (CAVA Stock Logistic), 1.11.02 - sub-18
25.ª, Silvia Romero Gimenez, 2001 (Hotel La Paz - ADA Yeclano), 1.12.16 - sub-18
26.ª, Maria Molina Garcia, 2001 (Atletisme Xativa), 1.13.36 - sub-18

20 km masculinos - geral
1.º, Manuel Bermudez Jimenez, 1997 (UCAM-Athleo Cieza), 1.24.54 - sub-23
2.º, Luis Manuel Corchete Martinez, 1984 (Atletismo Torrevieja), 1.26.28 - sénior
3.º, Francisco Jose Duran Acuña, 1993 (Real Sociedad), 1.29.53 - sénior
4.º, Ivan Lopez Perez, 1997 (CA Elche Decatlon), 1.30.20 - sub-23
5.º, Daniel Lopez Ruiz, 1981 (UCAM-Athleo Cieza), 1.37.08 - sénior
6.º, Miguel Angel Carvajal Ortega, 1965 (Playas de Castellon), 1.40.18 - veterano
7.º, Jose Antonio Aparicio Montagud, 1969 (C.A. Torrent), 1.41.10 - veterano
8.º, Jose Serna Lorente, 1967 (CA Benacantil), 1.48.56 - veterano

20 km femininos - geral
1.ª, Maria Dolores Marcos Valero, 1979 (MillenniumTorrevieja), 1.41.13 - veterana
2.ª, Andrea Cabre Carceller, 1988 (Playas de Castellon), 1.42.18 – sénior

Dane Bird-Smith em destaque no meeting de St. Lúcia, Austrália

Dane Birth-Smith e Norma Croker, e foto histórica desta
na equipa australiana de 4x100m dos JO 1956.
Fotos: Queensland Athletics e fb Queensland Race Walking
Montagem: O Marchador
Integrado no meeting de atletismo “QA Norma Croker Shield”, em St. Lúcia, Brisbane, no Estado de Queensland, tiveram lugar no sábado (11) competições de 3.000 e 5.000 metros marcha, em pista, sendo de destacar a proeza do australiano Dane Bird Smith que estabeleceu um novo recorde do seu país na distância de 3.000 m com o tempo de 10.54,70, que durava há 26 anos.

Bird-Smith, recorde-se, foi medalha de bronze nos 20 km marcha dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e o segundo atleta de Queensland a conquistar uma medalha olímpica. A primeira a consegui-lo, 60 anos antes, foi Norma Croker, que agora dá o nome ao torneio, quando nos Jogos de Melbourne (1956) integrou a vitoriosa estafeta 4x100 metros.

Nas provas, que foram mistas, a referir também os desempenhos, ainda nos 3.000 m, do sul-africano Wayne Snyman, com 11.10,22, na segunda posição, a 19 centésimos do seu melhor no ano passado, e de Clara Smith, a primeira mulher, com 13.11,12 e, nos 5.000 m, de Luke McCutcheon, jovem de 19 anos com um recorde pessoal de 21.46,85, e nas mulheres, Katie Hayward (sub-18) com 22.00,13, seguida de Jess Pickles com 22.24,52.

Classificações (provas mistas)
3.000 m masculinos + femininos
1. Dane Bird-Smith, 25 anos (UNQ), 10.54,70
2. Wayne Snyman, 32 anos (África do Sul), 11.10,22 - fem.
3. Clara Smith, 19 anos (UNQ), 13.11,12 - fem.
4. Katya Martin, 20 anos (Gold Coast Victory), 14.45,67 - fem.
5. Caitlin Hannigan, 15 anos (Gold Coast Victory), 15.01,02 - fem.
6. Brenda Gannon, 43 anos (Athletics WA), 15.54,33 - fem.
7. Callum Haig, 17 anos (USC), 16.43,87
8. Camryn Novinetz, 14 anos (Ipswich & District), 17.21,47 - fem.
9. Ryan Stewart, 15 anos (Ipswich & District), 17.41,99
Desclassificado: Kris Hayward, 13 anos (Gold Coast Central).

5.000 m masculinos + femininos
1. Luke Mccutcheon, 19 anos (Qeii Track Club), 21.46,85
2. Katie Hayward, 17 anos (Gold Coast Central), 22.00,13 - fem.
3. Jessica Pickles, 23 anos (UNQ), 22.24,52 - fem.
4. Jamie McCutcheon, 18 anos (Qeii Track Club), 23.42,73

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Centro-americanos de marcha na Guatemala com domínio anfitrião

Os pódios femininos de 20 km e 5 km sub-18 e uma fase da prova
dos 20 km masculinos. Fotos: CO Guatemalteco e EDHDeportes
Montagem: O Marchador
A 5.ª edição dos Campeonatos Centro-americanos de Marcha que se realizou no domingo (12) na Cidade da Guatemala, a capital do país com o mesmo nome, teve como vencedora a seleção anfitriã sobre as representações de El Salvador, Nicarágua e Costa Rica.

Com as provas a iniciarem-se às 6 horas da manhã no circuito instalado na Avenida La Reforma (a 1.532 metros de altitude acima do nível do mar), os 20 km femininos tiveram o triunfo da olímpica da Guatemala Mayra Herrera, com 1.34.33, marca que concede à atleta de 28 anos os mínimos de participação no próximo mundial de Londres, pese embora tenha ainda mais eventos para realizar. A segunda posição pertenceu à sua compatriota Maritza Poncio, com 1.38.28, e a terceira para Yesenia Miranda, de El Salvador, com 1.40.07.

Na principal prova masculina, também sobre 20 km, destacou-se o jovem de 20 anos, José Alejandro Barrondo, vitorioso com 1.24.55, apenas a 1 segundo do seu melhor pessoal (1.24.54 na Corunhã-2016). O registo agora obtido foi anunciado como recorde dos campeonatos, suplantando a marca de 1.26.13 obtida por Aníbal Eduardo – San Jose, CRC-2012. Subiram ainda ao pódio, preenchido na totalidade por atletas da Guatemala, José María Raymundo (1.27.03), e Ángel Rolando Batz (1.27.22), todos da Guatemala.

Com a participação de cerca de 60 marchadores, a Guatemala triunfou colectivamente, obtendo 9 medalhas de ouro (de 10 possíveis), 8 de prata e 5 de bronze. El Salvador (1 ouro – 1 prata – 3 bronze) e Costa Rica (0 – 2 – 1) completaram o pódio dos campeonatos.

A destacar ainda a vitória individual da sub-18 Melany Nicole Elías Trejo, de El Salvador, com 25.50 nos 5 km, com um novo recorde centro-americano da categoria nos campeonatos (anterior, 26.18 de Yessica Cucul Sula em Managua-2016).

Aguarda-se pela publicação oficial dos resultados completos.

Siauliai recebeu campeonatos sub-18 de pista coberta da Lituânia

O pódio feminino (Meškauskaitė-Kavaliauskaitė-Endriukaitytė)
e o vencedor masculino Erik Mickevič. Fotos: fb Pabrades sportinio
ejimo klubas e Viktoras Meskauskas. Montagem: O Marchador
Nos dias 10 e 11 de Fevereiro realizaram-se em Siauliai, no norte da Lituânia, os campeonatos nacionais de pista coberta para jovens da categoria de sub-18.

Com as provas de marcha a decorreram no primeiro dia dos campeonatos, sexta-feira, a feminina teve a participação de 6 atletas, vencendo a favorita e detentora de vários recordes jovens, Austeja Kavaliauskaite (Kedainiai - Vilnius), que concluiu praticamente sem oposição, com a marca de 14.58,07. A segunda classificada foi Adrija Meskauskaite (Pabrade - Švenčionių), filha do treinador olímpico Viktoras Meskauskas, com 15.45,09, e a terceira Auguste Endriukaityte (Klaipeda), com 16.40,73.

Nos masculinos, o destaque foi para Erik Mickevic (Pabrade - Švenčionių) que completou 17 anos no mês passado e que triunfou com um novo recorde pessoal de 22.24,23, superando Paulius Juozaitis (Birstonas, 23.43,15) e Arminas Rudenko (Kedainiai – Vilnius, 25.01,15). Foram 5 os atletas que concluíram a prova.

Colaboração: Kristina Saltanovic

Classificações
3.000 m femininos
1.ª, Austėja Kavaliauskaitė, 2000 (Vilnius1-Kėdainiai), 14.58,07
2.ª, Adrija Meškauskaitė, 2001 (Švenčionių rajonas), 15.45,09
3.ª, Augustė Endriukaitytė, 2001 (Klaipėda), 16.40,73
4.ª, Reda Berteškaitė, 2000 (Druskininkai), 17.08,44
5.ª, Amina Michno, 2001 (Klaipėda), 18.25,64
6.ª, Greta Gripinska, 2001 (Švenčionių rajonas), 19.13,02

5.000 m masculinos
1.º, Erik Mickevič, 2000 (Švenčionių rajonas), 22.24,23
2.º, Paulius Juozaitis, 2000 (Birštonas), 23.43,15
3.º, Arminas Rudenka, 2001 (Vilnius1-Kėdainiai), 25.01,15
4.º, Lukas Klevinskas, 2000 (Alytus), 26.10,17
5.º, Arnoldas Liutinskis, 2001 (Vilnius1-Kėdainiai), 28.07,77

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Campeonatos italianos de sub-18 (pista coberta) – resultados

As partidas das provas e os vencedores, Davide Finocchietti e
Andrada Lavinia Lacatus. Fotos: FIDAL RENAI
Montagem: O Marchador
No sábado (11) em Ancona tiveram lugar os campeonatos italianos de pista coberta no escalão de juvenis (sub 18) e com vitórias, nos 5.000 metros masculinos de Davide Finocchietti (Atl Libertas Runners Livorno) e nos 3.000 metros femininos de Andrada Lavinia Lacatus (P.B.M. Bovisio Masciago).

No setor masculino assistiu-se ao duelo entre os jovens transalpinos, Orsoni e Finocchietti, que nas últimas semanas foram os protagonistas ao baterem recordes nacionais da categoria na distância de 3.000 metros. Desta vez, na légua, levou a melhor Finocchietti, com a marca de 21.45,98, o melhor tempo italiano de sempre para um atleta que completa 16 anos de idade em Outubro, com o título de vice-campeão para Riccardo Orsoni, com 21.56,80, recorde pessoal. Ambos são treinados por antigos marchadores, Roberto Cervi e Massimo Passoni. Subiu ainda ao pódio, no terceiro lugar, Aldo Andrei (23.18,32).

No setor feminino, Andrada Lavinia Lacatus, que obteve a marca de 14.22,63, confirmou o favoritismo que lhe era apontado (venceu os nacionais de pista ao ar livre de 2016), revalidando o título da categoria. Treinada por Michele Castaldo a marca obtida pela jovem atleta de Limbiate constitui um novo recorde pessoal. Para a segunda e terceira posições classificaram-se, respetivamente, Alessandra Lentini (14.51,87), e Alessia Mastronicola (14.53,88).

Foi significativo o número de participantes, 45 (21 masculinos e 24 femininos).

Classificações
5.000 m masculinos
1.º, Davide Finocchietti, 2001 (Atl Libertas Runners Livorno), 21.45,98
2.º, Riccardo Orsoni, 2000 (C.U.S. Parma), 21.56,80
3.º, Aldo Andrei, 2001 (GS Valsugana Trentino), 23.18,32
4.º, Alessandro Perrone, 2000 (ASD Neos Matera), 23.28,44
5.º, Leonardo Ciregia, 2000 (Atletica Grosseto Banca Tema), 23.52,69
6.º, Francesco Cecere, 2000 (Atl. Amatori Cisternino), 24.03,43
7.º, Mikias Meli, 2000 (Atl. Bergamo 1959 Oriocenter), 24.04,57
8.º, Giulio Scoli, 2001 (Atletica Livorno), 24.46,79
9.º, Arcangelo Vicenti, 2000 (Futurathletic Team Apulia), 24.55,88
10.º, Andrea Cosi, 2001 (Atletica Firenze Marathon S.S.), 25.03,17
11.º, Andrea Nappi, 2000 (Atl. Chiari 1964 Lib.), 25.08,37
12.º, Raffaele Alessa Cariati, 2000 (Futurathletic Team Apulia), 25.17,22
13.º, Mattia Braggio, 2000 (S.S. Trionfo Ligure), 25.22,30
14.º, Daniele Beretta, 2000 (Atl. Bergamo 1959 Oriocenter), 25.27,60
15.º, Marco Melis, 2001 (Atletica Livorno), 25.34,42
16.º, Davide Santandrea, 2000 (Fiamme Gialle G. Simoni), 25.49,73
17.º, Pasquale Vicenti, 2000 (Futurathletic Team Apulia), 25.56,56
18.º, Mattia Gallo, 2000 (Toscana Atletica Futura), 26.43,25
19.º, Nicolo Mercadante, 2000 (Futurathletic Team Apulia), 27.42,37
20.º, Matteo Cariello, 2000 (S.S. Trionfo Ligure), 29.02,15 pit lane
Desclassificado: Carmine Greco, 2001 (A.S.D. Atletica Don Milani).

3.000 m femininos
1.ª, Andrada Lavinia Lacatus, 2000 (P.B.M. Bovisio Masciago), 14.22,63
2.ª, Alessandra Lentini, 2000 (A.S.D. Atletica Don Milani), 14.51,87
3.ª, Alessia Mastronicola, 2000 (Alteratletica Locorotondo), 14.53,88
4.ª, Chiara Tommasi Mavar, 2000 (Esercito Sport & Giovani), 15.09,36
5.ª, Vanessa Oblach, 2000 (Atl Brugnera Pn Friulintagli), 15.14,29
6.ª, Sara Buglisi, 2001 (Sportclub Merano), 15.17,58
7.ª, Emma Ferretti, 2001 (G.S.Self Atl. Montanari Gruzza), 15.19,33
8.ª, Camilla Crivellaro, 2000 (CUS Pro Patria Milano), 15.31,36
9.ª, Ida Mastrangelo, 2001 (A.S.D. Atletica Don Milani), 15.31,98 pit lane
10.ª, Ginevra Perini, 2001 (Atletica Grosseto Banca Tema), 15.33,48
11.ª, Matilde Capitani, 2000 (Atletica Grosseto Banca Tema), 15.34,22
12.ª, Giulia Miconi, 2000 (Atl. Avis Macerata), 15.39,90
13.ª, Maria Vian, 2000 (Atletica Ponzano), 15.42,58
14.ª, Alice Oblach, 2000 (Atl Brugnera Pn Friulintagli), 15.43,73
15.ª, Laura Pirola, 2000 (Atl. Bergamo 1959 Oriocenter), 15.48,94
16.ª, Cristina Tagliente, 2001 (A.S.D. Atletica Don Milani), 15.55,46
17.ª, Martina Marconi, 2000 (S.S. Trionfo Ligure), 16.06,30
18.ª, Anastasia Giulioni, 2001 (Atl. Avis Macerata), 16.19,84
19.ª, Chiara Piccini, 2001 (Atletica Grosseto Banca Tema), 16.21,75
20.ª, Lisa Franceschi, 2000 (Atletica Livorno), 16.22,11
21.ª, Allegra Curcio, 2001 (Assi Giglio Rosso Firenze), 16.35,73
22.ª, Chiara Chelini, 2000 (Toscana Atl.Empoli Nissan), 16.39,21
23.ª, Ludovica Peri, 2000 (Libertas Amatori Atletica Legg), 17.09,43
24.ª, Silvia Ricci, 2000 (Fiamme Gialle G. Simoni), 17.36,12 pit lane

Irmãos Chamosa vencem campeonatos da Galiza

As provas principais, com os vencedores absolutos, Daniel (dorsal 39)
e Antia Chamosa (35), e ainda a partida dos jovens sub-12 (2 km).
Fotos: Carmela Queijeiro/La Voz de Galicia
Montagem: O Marchador
Os jovens internacionais espanhóis, e irmãos, o sub-23 Daniel Chamosa e a sub-20 Antia Chamosa, pupilos de José Antonio Pardal, foram os vencedores absolutos e das respectivas categorias da prova de 10 km dos Campeonatos da Galiza de Marcha em Estrada, realizados no domingo (12 Fev.), em condições atmosféricas adversas, na cidade A Pobra do Caramiñal, na província da Corunha.

Nos masculinos, Daniel, que representa o CA Fent Cami Mislata, de imediato tomou isolado a dianteira, registando 22.11 aos 5 km e terminando folgadamente em 44.43, à frente de Roberto Vieiro, sub-18 do CA Santiago, com 45.53 (5 km em 23.00), e de Brais Prieto Espiño, sub-20 do R.C. Celta, com 49.34.

Já nos femininos, Antia, do CA Valladolid-U.Va., com 50.20, não teve tarefa fácil, distanciando-se de Mar Chillon, sub-23, do Valencia Esports, com 50.26, apenas no último quilómetro. Carmen Escariz, sub-20 do Bidezabal Atletismo, que ainda passou com as suas adversárias aos 5 km (25.15), terminaria na terceira posição com 51.29.

Participaram 126 atletas de vários escalões etários, representando 32 clubes.

Classificações
10 km masculinos - geral
1.º, Daniel Chamosa Dacasa, 1997 (CA Fent Cami Mislata), 44.43 - sub-23
2.º, Roberto Vieiro Perez, 2001 (CA Santiago), 45.53 - sub-18
3.º, Brais Prieto Espiño, 1999 (R.C. Celta), 49.34 - sub-20
4.º, Alex Novas Barral, 2001 (Club Atletismo Naron), 49.58 - sub-18
5.º, Emilio Novas Barral, 1998 (Lucus Caixa Rural Galega), 51.33 - sub-20
6.º, Elio Buelta Otero, 2001 (Atletica Barbanza), 52.27 - sub-18
7.º, Hector Rodriguez Lopez, 1999 (Lugo Rc Ramos Loures), 52.27 - sub-20
8.º, Adrian Antonio Fernandez, 2000 (Atletismo Cuntis), 53.31 - sub-18
9.º, Daniel Abeledo Manteiga, 1991 (Club Atletismo Sada), 57.01 - sénior
10.º, Miguel Ángel Sánchez López, 2001 (Atletismo Friol), 57.20 - sub-18
11.º, Pedro Abeledo Cortizas, 1967 (Club Atletismo Naron), 1.01.19 - M50
Desclassificados: Jose Fernandez Nieves, 1980 (R.C. Celta) - M35, Marcos Cintron Bellver, 1996 (Lugo Rc Ramos Loures) - sub-23 e Anxo Carreira Casais, 1994 (Verxel Nutricion Dep) - sénior.

10 km femininos - geral
1.ª, Antia Chamosa Dacasa, 1999 (CA Valladolid-U.Va), 50.20 - sub-20
2.ª, Mar Chillon Camaño, 1996 (Valencia Esports), 50.26 - sub-23
3.ª, Carmen Escariz Mella, 1998 (Bidezabal Atletismo), 51.29 - sub-20
4.ª, Samantha Mulloni Martinez, 1990 (Ria Ferrol-C. Arenal), 53.11 - sénior
5.ª, Rocio Carbia Lojo, 1993 (Ria Ferrol-C. Arenal), 54.00 - sénior
6.ª, Iria Rivas Iglesias, 2001 (Atletismo Cuntis), 54.02 - sub-18
7.ª, Carmen Fuentes Castro, 1997 (Ria Ferrol-C. Arenal), 56.07 - sub-23
8.ª, Celia Carracedo Perez, 2001 (Atletica Barbanza), 56.37 - sub-18
9.ª, Concepcion Campos Fernandez, 1978 (Sekulebedarra Kirol), 57.04 - W35
10.ª, Marta Suárez Fábregas, 1999 (Atletismo Cuntis), 58.35 - sub-20
11.ª, Monserrat Pereira Pena, 1977 (Club Atletismo Sar), 1.01.09 - W35
12.ª, Paula Villaverde Touriño, 2000 (Adas Proinor), 1.01.09 - sub-18
13.ª, Casiana Steliana Zaharia, 1998 (Atletismo Cuntis), 1.01.46 - sub-20
14.ª, Debora Pato Sabaris, 1996 (Sekulebedarra Kirol), 1.02.28 - sub-23
15.ª, Yolanda Abellan Trabazos, 1971 (CAR Marisqueiro), 1.03.55 - W45
16.ª, Luzia Mendez Senra, 2001 (CA Santiago), 1.05.12 - sub-18
17.ª, Lydia Lorenzo Cisneros, 2000 (Viguesa De Atletismo), 1.05.54 - sub-18
18.ª, Eva Sande Martinez, 2001 (C.S.C.R. Beade), 1.07.34 - sub-18
19.ª, Maria Gabriela Míguez Vila, 2001 (At. Femenino Celta), 1.07.53 - sub-18
20.ª, Maria Del Carmen Jueguen Lago, 1973 (CA Millaraio), 1.17.01 - W40
21.ª, Vanesa Varela Rivas, 1996 (CA Santiago), 1.19.16 - sub-23
Desclassificadas: Uxia Duarte Souto, 2001 (Atletismo Cuntis) - sub-18 e Esmeralda Corredoira Herbello, 1997 (At Vila De Cangas) - sub-23.

Resultados completos, aqui.